2 de agosto de 2011

confronto



- acho que fiz um disparate;
- então?
- enfrentei o "meu medo"
- isso estava dentro de ti, mais tarde ou mais cedo tinhas de o dizer.
(...)
- vou ter de esquecer tudo isto
- vai ser difícil, sabes bem
- eu sei, custa agora nas férias pois não tenho nada que me ocupe a cabeça mas depois sei que vai ser mais fácil.

Esta conversa foi ontem á noite. Hoje de manhã li a resposta. Fiquei surpreendida pois tudo estava tão correcto, tão nítido, só eu é que não me apercebi da realidade ..." tudo isto, tal como tudo na vida, funciona como uma moeda com duas faces distintas, as duas formas de ver a mesma coisa e ambas vimos isto de forma diferente ". Pois é, ambas vimos a realidade de forma diferente. Ninguém teve uma culpa nesta história pois, como disseste as coisas mudaram, os nossos contextos mudaram e até o ambiente vai mudar. Percebi tudo e estou muito mais aliviada pois não tenho mais aquela nuvem a apaziguar a minha mente com isto. Ambas mudámos, ambas estamos felizes. É isso que importa. Segue o teu caminho, não olhes para trás ... Eu fico bem!

4 comentários:

  1. tenta viajar, sair dos teus limites e depois quando achares que deves parar tenta encontrar um caminho para voltares a caminhar de cabeça erguida. sabes la se se poderão voltar a encontrar? (:

    ResponderEliminar
  2. As moedas tem duas faces. E a vida nao e a preto e branco, existem tantos tons de cinzento quantas pessoas há no mundo. Quando acordas e sentes o sol, e tão bom. Mas e diferente para ti e para mim. O importante e sentirmos-nos bem, e sermos fieis a nos mesmas, e nunca deixar nada por sentir.
    Espero que fiques bem. Espero mesmo que fiques bem.
    Gostei muito do que li, parabéns!

    ResponderEliminar